Jornalista Lisa Guerrero revela que sofreu aborto espontâneo em direto

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Lisa Guerrero fez uma revelação chocante no seu novo livro de memórias, ‘Warrior’.

Lisa Guerrero, jornalista espanhola, está prestes a lançar um livro de memórias, onde faz algumas revelações surpreendentes. Uma dessas revelações está a ser muito falada, uma vez que é bastante chocante.

No ano de 2003, a comunicadora estava a cobrir um jogo para o programa ‘Monday Night Football’, da Sky Sports, quando sentiu algo “húmido” entre as pernas: estava grávida de poucas semanas e a ter um aborto em direto.

Pensei: ‘Ah, estou menstruada. E depois lembrei-me que estava grávida. Estava a ter um aborto espontâneo! Conseguia sentir o sangue a sair“, recordou.

Eu estava tonta e enjoada, mas lembrei-me de ficar de pé. A dor era insuportável. Eu pronunciei mal o nome de um jogador e sabia que iria ouvir sobre isso mais tarde. (…) O único pensamento que passou pela minha cabeça foi que eu poderia fazer o resto do jogo, desde que abotoasse o meu longo casaco de inverno. Dessa forma, ninguém iria ver sangue“, acrescentou.

Lisa Guerrero referiu que se sentia em modo “piloto automático”: “Assim que o jogo acabou, corri para entrevistar um treinador. Depois fui à casa de banho. Assim que me sentei na sanita, não conseguia acreditar no sangue a escorrer.