Leonor Poeiras: "Há 28 mulheres portuguesas que já não podem tirar uma foto assim"

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Leonor Poeiras lembrou que 28 mulheres portuguesas já foram assassinadas durante este ano, em Portugal, num contexto de relação íntima.

Assinala-se nesta sexta-feira, 25 de novembro, o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres. Leonor Poeiras partilhou uma fotografia sorridente, mas com uma importante mensagem por trás dela.

Há 28 mulheres portuguesas que já não podem tirar uma fotografia assim, alegre, descontraída e segura. São as 28 mulheres que já foram assassinadas em 2022, sendo que 22 das mortes ocorreram em contexto de relação íntima“, escreveu a antiga profissional da TVI na rede social Instagram.

Os dados citados pela ONU mostram que, em média, 37 pessoas por dia recorreram à APAV – Associação de Apoio à Vítima, a maioria mulheres e por violência doméstica“, lamentou, antes de lançar um apelo a quem possa estar a passar por este tipo de drama.

Se não te sentes segura para denunciar, desabafa com alguém em quem confies. É o primeiro passo e abre caminho para um futuro sem violência, acredita“, aconselhou.