Sara Norte revela gosto que lhe vem da infância: "Chego a ficar parada na rua"

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Sara Norte partilhou uma fotografia de infância nas redes sociais e admitiu que há algo que gosta de fazer desde então.

Quando era “pequenina”, Sara Norte gostava de sentir o Sol a bater-lhe na casa. Sobretudo nos dias mais frios. Cerca de três décadas depois, o gosto mantém-se.

Quando eu era pequenina… Hoje em dia continuo a gostar de sentir o Sol na cara, então em dias em que está um frio de rachar e o céu cinzento, sempre que vejo um raio de Sol… Pumba! Chego a ficar parada na rua de olhos fechados a aproveitar o momento e é tão bom! Pareço uma osguinha“, revelou na legenda da imagem que publicou no Instagram.

Nos últimos dias, a atriz falou à imprensa e recordou alguns dos momentos mais dramáticos da sua vida. Um deles deu-se em 2012, quando foi detida em Espanha com 800 gramas de haxixe no estômago. Com a mãe doente com um cancro nos pulmões, a atriz Carla Lupi, que viria a falecer poucos meses depois, Sara Norte foi julgada e condenada a 16 meses de prisão. O sentimento de culpa ainda vive dentro dela. Leia aqui.