Simone de Oliveira despede-se dos palcos após 65 anos de carreira

((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639647’]={‘i’:__lxGc__.b++}; ((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639641’]={‘i’:__lxGc__.b++};

Simone de Oliveira está a preparar o seu último espetáculo, que se vai realizar no Coliseu de Lisboa.

Ao fim de 65 anos de carreira, Simone de Oliveira vai dizer adeus aos palcos. A consagrada artista de 84 vai dar o seu último espetáculo  “Sim, sou… Simone”, no Coliseu de Lisboa, no dia 29 de março.

O concerto visa celebrar estes 65 anos “através da modernidade, de novas linguagens musicais e de imagem, usando a sua habitual irreverência e desassombro” da artista. O espetáculo é da autoria de Fátima Bernardo e Nuno Feist, com encenação de Henrique Feist. Os bilhetes já estão à venda, por valores entre os 15 e os 40 euros.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

De recordar que, em março de 2021, Simone revelou no programa ‘Era o Que Faltava’, da Rádio Comercial, que queria terminar a sua carreira. “Não me apetece mais e… Deixem-me sair bem. Ridículos, não. Terem pena de mim, não”, afirmou, explicando também que continua a sentir “muitos nervos e medo” sempre que sobe a um palco.