Gravações da novela 'Flor Sem Tempo' marcadas por uma tragédia: "É difícil perder colegas assim…"

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

As gravações da novela ‘Flor Sem Tempo’ foram marcadas por uma tragédia.

As gravações da novela ‘Flor Sem Tempo’, da SIC foram marcadas por uma tragédia. Nuno Silva, assistente de câmara, sentiu-se mal, ao que tudo indica com uma paragem cardiorrespiratória, e acabou por falecer, na segunda-feira, dia 16, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

“O Nuno sentiu-se mal e foi de imediato assistido por um bombeiro que se encontrava nos estúdios da SP. Foram feitas todas as manobras de reanimação e ele foi, levado para o hospital, onde foi operado. Depois sofreu um AVC e perdeu a vida na segunda-feira, dia 16. Estamos todos muito tristes”, contou à TV7 Dias um colega.

O ambiente está muito pesado e vai ser difícil entrar no estúdio e ele não estar lá. O Nuno sentiu-se mal no estúdio onde aconteceu o mesmo ao Rogério Samora. Trabalhei com ele muitos anos. É difícil perder colegas assim”, acrescentou.

Várias figuras públicas ficaram chocadas com a morte do colega e fizeram uma homenagem nas redes sociais.

Segundo outra fonte da SP o técnico foi rapidamente assistido e agora há mais pessoas formadas para “prestar socorro”. “Estamos todos muito tristes. Eu trabalhei com o Nuno em várias novelas, estamos arrasados. Passamos aqui muitas horas a gravar”, confessou um ator.

De salientar que este já não é o primeiro caso com um final trágico nos estúdios da SP. Em 2021, Maria João Abreu sofreu um aneurisma e acabou por morrer. Dois meses depois, a 20 de julho, de 2021, Rogério Samora sofreu uma paragem cardiorrespiratória e faleceu a 15 de dezembro.