Big Brother. Família de Bruno de Carvalho indignada com a TVI: "Aquilo não foi bonito, foi doloroso…"

((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639647’]={‘i’:__lxGc__.b++}; ((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639641’]={‘i’:__lxGc__.b++};

As famílias de Bruno de Carvalho e Liliana Almeida, do ‘Big Brother Famosos’, uniram-se pela felicidade dos concorrentes.

Bruno de Carvalho e Liliana Almeida, concorrentes do ‘Big Brother Famosos’, assumiram uma relação dentro da casa mais vigiada do país. As atitudes do ex-presidente do Sporting CP levam o público acreditar que é uma pessoa manipuladora. Entretanto, para acalmar os ânimos, as famílias dos concorrentes uniram-se para mandar um avião no dia do 50.º aniversário.

“Há uma coisa que, de certeza, as famílias têm em conjunto, é que querem que as pessoas de quem gostam sejam felizes e devem confiar nos dois, nenhum é burro. Se é aquilo que eles querem, que sejam felizes, deixem-nos em paz. Isto foi uma gracinha, uma brincadeira que se fez no dia de anos”, explicou a irmã do concorrente, Alexandra de Carvalho em declarações à TV7 Dias.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“A coisa mais importante que ele tem de saber é que, passe o que se passar, tem as costas protegidas”, acrescentou.

No entanto, Alexandra de Carvalho garantiu que ninguém da família gostou de ver as imagens transmitidas na gala de domingo passado, dia 6 de fevereiro, onde se podiam ver atitudes manipuladores do irmão.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“Um estúdio tem de ter cuidado. Aquilo não foi muito bonito, foi doloroso. Se calhar, se não tivesse acontecido assim, agora não havia um avião destes, tinha-se deixa-do a coisa passar, mas quando aquilo acontece… eh pá, não, não pode ser, alguma coisa tem de ser feita“, afirmou.

Para além de criticar a TVI, ainda deixou uma palavra para os restantes concorrentes: “Já chega de atazanar o relacionamento e eles estarem sempre a sentir-se atacados por todos os lados e em todos os sentidos”.