Big Brother. Jorge Guerreiro desiludo com Bruno de Carvalho e Liliana: "Senti-me desconfortável"

((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639647’]={‘i’:__lxGc__.b++}; ((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639641’]={‘i’:__lxGc__.b++};

Bruno de Carvalho e Liliana decidiram fazer uma greve contra os colegas e Jorge Guerreiro mostrou-se desiludido com os dois .

Bruno de Carvalho disse que a iniciativa dele e da Liliana era contra o grupo, mas excluía Jorge Guerreiro. Contudo, o cantor não gostou.

“Senti-me, e tenho que ser honesto, porque foi ideia da Liliana, senti-me desconfortável. Eu sei perfeitamente, o Bruno fez-me sinal que não era para mim, mas nesta casa somos 7 pessoas, não compro guerras  de ninguém”, começou por dizer.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“Eu vivo nesta casa, vivo com sete pessoas, dou-me bem com todas elas. Senti-me desconfortável porque eu tinha acabado de dizer e estava a sentir que isto estava a ser terrível para a Liliana. Pensei que fosse uma emissão imposta pelo Big. Pensei que para ti, soava quase como uma humilhação”, acrescentou.

O cantor afirmou que pensava que a artista queria o grupo unido e não comprar guerras com os colegas como fez.  Depois da conversa, os concorrentes foram para o exterior e o antigo presidente do Sporting avisou Jorge: “Hoje ao jantar não me batas outra vez, por favor, vê-se me percebes”. 

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Jorge Guerreiro mostrou-se perplexo com o sucedido e Bruno de Carvalho continuou a tentar convencer o colega.  “Tu não estás a ver eles, são terríveis”, “Estás a falar do que não sabes”,  foram duas das frases que o antigo ‘presidente’ usou para tentar explicar a Jorge Guerreiro que continuou a manter a sua opinião.