Big Brother. Luísa Castel-Branco critica decisão de Liliana Almeida: "Duvido que esta paixão seja tão forte…"

((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639647’]={‘i’:__lxGc__.b++}; ((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639641’]={‘i’:__lxGc__.b++};

Luísa Castel-Branco não tem dúvidas que Liliana Almeida deveria ter desistido do programa para apoiar Bruno de Carvalho.

Liliana Almeida decidiu permanecer no ‘Big Brother Famosos’ depois de ameaçar várias vezes em desistir do reality show da TVI após a expulsão de Bruno de Carvalho na gala do passado domingo. Ao longo da tarde desta terça-feira, dia 15, o ex-presidente do Sporting acabou por mandar três aviões com “dicas” à cantora, mas a concorrente não “arredou pé” e comunicou que vai continuar em jogo.

Na manhã desta quarta-feira, dia 16 de fevereiro, Zé Lopes e Luísa Castel-Branco estiveram no ‘Dois às 10’, da TVI, a comentar os últimos acontecimentos da casa mais vigiada do país, inclusive a possível desistência da cantora.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Na opinião da comentadora, tudo não passa de uma estratégia de jogo de Liliana Almeida. “Ela tem todo o direito de ficar dentro da casa, mas permite-me que eu duvide, eu e muita gente, que esta paixão seja tão forte que ela resolve ficar na casa. A partir do momento em que ultrapassa o jogo e há um processo, uma queixa, em que ela é a única pessoa que pode negar, a única coisa que pode fazer é sair imediatamente. Tudo o resto é uma decisão dela em favor do jogo”, começou por dizer.

“Se ela tivesse feito aquilo que eu acho que seria normal numa relação de paixão que era quando ele sai dá-lhe a mão e diz ‘então saímos os dois porque isto é tudo mentira’, não sai com ele e depois vai arranjando justificações, para mim não há justificação alguma”, explicou.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Luísa Castel-Branco foi ainda mais longe e voltou a criticar a concorrente. “Aliás, sempre achei que ela estava a jogar. Daí achar que esta questão se há ou não violência é totalmente subjetiva. Mais: ela acaba por ser a mulher que me irrita, porque tem tanta personalidade, devia ter dito simplesmente: ‘somos nós na cama, o que é que têm a ver com isso'”.