Bruno de Carvalho com "vergonha" de ir ter com a mãe após polémica no Big Brother

((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639647’]={‘i’:__lxGc__.b++}; ((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639641’]={‘i’:__lxGc__.b++};

Bruno de Carvalho está a ser acusado da prática do crime de violência doméstica.

Depois de ter sido expulso do ‘Big Brother’ e de ser acusado da prática do crime de violência doméstica, Bruno de Carvalho não se conseguiu controlar durante a madrugada. Arrasado com a sucessão de acontecimentos, refugiou-se no álcool, como o próprio admitiu no Twitter, e traçou uma série de insultos contra diversas pessoas, entre as quais Ana Garcia Martins e Flávio Furtado.

Bruno de Carvalho passa-se após saída do Big Brother: “Vão para a p*ta que vos pariu”

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Entretanto, depois de uma noite de terror que o levou, até, a faltar ao ‘Dois às 10’, onde por norma vão todos os ex-concorrentes do reality show, o ex-presidente do Sporting CP regressou às redes sociais por volta da hora de almoço. Numa nova publicação, confessou que se sente com vergonha de estar com a mãe.

Existe quem esteja na zona de perigo e eu estou com vergonha de ir ter com a minha mãe… Todos diferentes… Todos…“, desabafou.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});