Diogo Infante sobre a TVI: "Não tenho qualquer razão de queixa"

((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639647’]={‘i’:__lxGc__.b++}; ((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639641’]={‘i’:__lxGc__.b++};

Diogo Infante tem participado em várias novelas da TVI, e atualmente integra o elenco de ‘Quero é Viver’.

Diogo Infante tem colaborado com a TVI na produção de várias novelas. A estação de Queluz de Baixo está prestes a celebrar o seu 29.º aniversário, e o ator explicou como é a sua ligação com o canal e com as pessoas.

Em entrevista ao Selfie, o também encenador, que se estreou na TVI com a novela ‘Jóia do Nilo’, revelou que gostou particularmente de rodar ‘Jardins Proibidos’, ‘Mundo ao Contrário’, ‘Jogo Duplo’ e agora ‘Quero é Viver’. No entanto, afirmou também que gostava de ser chamado para formatos mais curtos como a minissérie ‘Pecado’.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Ao ser questionado sobre se se sente realizado e desejado no canal, Diogo Infante assumiu: Não tenho qualquer razão de queixa”.

Sobre as “extraordinárias pessoas” com que se tem cruzado na estação, o ator destacou José Eduardo Moniz, recentemente confirmado como o novo diretor-geral da TVI: Foi ele que me lançou vários desafios e foi através dele que criei um vínculo de exclusividade com o canal“.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Também tenho que reconhecer o magnífico trabalho das equipas técnicas, dos realizadores e dos diretores de atores com quem tenho tido o privilégio de trabalhar. E, claro, mencionar os extraordinários atores com quem me cruzei, cujo contributo é essencial, quando temos que contar histórias que toquem os corações das pessoas”, acrescentou.