Pipoca Mais Doce foi testemunha de um caso de violência doméstica: "A mulher pediu-lhe ajuda…"

((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639647’]={‘i’:__lxGc__.b++}; ((__lxGc__=window.__lxGc__||{‘s’:{},’b’:0})[‘s’][‘_216764’]=__lxGc__[‘s’][‘_216764’]||{‘b’:{}})[‘b’][‘_639641’]={‘i’:__lxGc__.b++};

Ana Garcia Martins, conhecida por ‘A Pipoca Mais Doce’ denunciou por diversas vezes o comportamento de Bruno de Carvalho no Big Brother Famosos.

‘A Pipoca Mais Doce’ foi uma das vozes de denúncia sobre os comportamentos de Bruno de Carvalho no Big Brother Famosos, da TVI.

O ex-presidente do Sporting foi alvo de uma queixa no Ministério Público por violência doméstica por causa do “comportamento ameaçador” perante a namorada, Liliana Almeida, na casa mais vigiada do país.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Filipe Santos Costa, correspondente da CNN Portugal em Tóquio, Japão, revelou na rede social Twitter uma história antiga que envolve Ana Garcia Martins, comentadora do reality show da TVI.

Hoje lembrei-me disto: há uns anos, a Ana Garcia Martins foi a minha casa e apercebeu-se de uma situação de violência doméstica no prédio ao lado do meu. A mulher pediu-lhe ajuda, a Ana chamou a PSP, esperou que a polícia chegasse e apresentou-se como testemunha”, começou por contar o jornalista.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Como tantas vezes acontece, quando o caso avançou, perante a justiça a vítima negou que fosse vítima e pediu que o assunto fosse arquivado. Felizmente, a violência doméstica é crime público exatamente para evitar estes recuos. A Ana fez o que tinha a fazer“, acrescentou.